+ 3.000 pontos de retirada em todo o Brasil Veja qual o mais próximo de você Ver balcões
Veja como criar um logotipo

Veja como criar um logotipo

Confira as dicas do Sr. GIV para desenvolver o seu projeto.

Arcos dourados, pássaro azul, símbolo com um certo, ícone de câmera fotográfica, maçã mordida, um cavalo e três linhas na diagonal. Com certeza, você já sabe de quais marcas estou falando, né? Por isso, já dá pra perceber o quanto um logotipo bem estruturado pode ser o reconhecimento da sua marca e ser tão marcante para as pessoas dentro do mercado competitivo.

E, claro que todo empreendimento ou novo negócio precisa de uma identidade visual planejada corretamente para conseguir alcançar o resultado esperado e se destacar entre os seus concorrentes. Para isso, o Sr. GIV preparou algumas dicas de como criar o seu logotipo do zero e deixar o seu negócio muito mais atrativo aos olhos dos clientes e consumidores.

Mas afinal, o que é um logotipo? O logotipo é a representação gráfica da sua marca, com informações em figura e texto. A apresentação apenas do desenho é chamado de logo. E para criar o seu, como será que é feito, hein? Vem cá que eu te explico!

Primeiro de tudo, é preciso pensar na marca como um todo, começando pelo briefing. Nesta técnica você vai reunir as respostas para os problemas do seu negócio ao iniciar no mundo empreendedor, ou seja, fazer uma análise de mercado profunda para que o seu projeto fique mais consistente.

Por isso, você precisa definir o seu segmento, verificar quem é o seu público-alvo e a persona do seu empreendimento. Estas informações precisam ser mais precisas e completas do que costumava ser há um tempo. Além de dados de faixa-etária e classe social, por exemplo, agora têm algumas perguntas que podem ser complementares e decisivas para a criação de um logotipo, sendo hobbies, o que gosta de consumir, entre outros hábitos dessas pessoas. Assim, suas estratégias de criação e marketing serão mais efetivas.

Após reunir esses dados, chegou a hora de analisar a concorrência! Você precisa entender como elas estão se comportando no mercado e o que está dando certo com o público. Dessa forma, é possível ter uma noção maior deste mundo e ter mais ideias para desenvolver o logotipo. Muitas pessoas utilizam a rede social Pinterest como referência. Mas, lembrando que, essa é uma dica para ter inspirações para projetos originais, portanto, cuidado com o plágio!

Hora de rascunhar o seu logotipo! Pegue um papel e comece a desenhar o que você imagina para a sua marca. Formatos geométricos, tipos de letras, nome do seu negócio, desenhos… enfim, a maneira que você quer se apresentar ao mercado e a imagem que você quer passar aos consumidores, pensando na identificação e relacionamento entre cliente e empreendimento.

Depois de ter a base pronta, hora de colocar a mão na massa e começar a digitalizar o seu logotipo. Para isso, você vai precisar de softwares apropriados, sendo o Illustrator, CorelDraw os mais indicados pelos designers gráficos.

Então, todas as ideias que até o momento estavam no papel, serão colocadas nestes programas e salvos em arquivo digital. Ah, nesta etapa é legal você começar a testar cores que acha que conversam com a sua marca e persona, além da tipografia que é super importante para a composição do logo. Fique atento ao tamanho da fonte para que o nome da sua marca esteja legível. E por falar em tipografia, lá vão algumas diquinhas sobre ela. 

É recomendado o uso: Helvetica, Bebas, Grotesk, Gotham, Museo, Raleway, Soho, Roboto, Geomanist, Din, Bodoni, ChunkFive, Cocogoose, Futura e Lato.

Não é recomendado o uso: Comic Sans, ZapFino, Papyrus, Chiller, Monotype Corsiva, Arial, CooperPlate e Myriad  Impact.

Já em relação ao uso de serifas, é recomendado o uso quando o logotipo é para uma empresa mais séria e clássica e não utilizado para negócios com logotipos mais descontraídos e modernos.

Na composição do logo, é preciso fazer o processo de vetorização. Dessa forma, aumenta a qualidade e pode ser replicado em diferentes peças gráficas e impressos, como papel timbrado, folhetos e cartões de visita, por exemplo. A vetorização consiste em deixar o logo em curvas.

Após o logotipo criado, faça o teste em diferentes aplicações e posições diversas, sendo na horizontal ou na vertical. A cor do fundo também é válida para testar, como no branco, preto e outras variações, para verificar em quais situações ele funciona ou não.

Dica bônus: Manual da Marca

Está claro o quanto a identidade visual é essencial para o enriquecimento e valorização da marca no mercado. E, com o crescimento do negócio, a tendência é que mais funcionários façam parte da sua equipe. Pensando nisso, é super relevante ter um manual da marca com todas as especificações do que pode usar ou não, quais os tipos de fontes utilizadas e variações de cores. 

Esta é uma técnica utilizada com bastante frequência para que, ao decorrer dos anos, a identidade permaneça a mesma, apenas com adaptações que o mercado em si pede. Com certeza, esse será um diferencial para uma estratégia de marketing e branding a longo prazo.

É importante que você tenha em mente que algumas pessoas vão adorar o seu projeto e outras nem tanto, porém você precisa realmente ver se conversa com o seu segmento, público e ideais. Não é uma tarefa tão simples, porém só assim, você terá sucesso e a visibilidade desejada com o projeto desenvolvido. 

Prontinho! As dicas que eu tinha para te passar já estão todas aqui reunidas. Espero que ela te ajude muito e amplie seus horizontes no quesito: criação de logotipo para o seu negócio. Em breve, quero ver ele aqui na gráfica sendo impresso por mim, hein! Torço pelo sucesso da sua marca e no que precisar, estamos juntos!


Ah, em outras publicações do blog, também passo dicas para Microempreendedor Individual, empreendedores de médio e grande porte, vendas e técnicas de marketing. Dá uma olhadinha em tudo! Você vai gostar bastante e ainda vai aprimorar o seu empreendimento. E se desejar receber conteúdos exclusivos, basta assinar a newsletter da GIV Online com o cadastro do seu e-mail. Tem muita promoção e novidades. Te espero!


Um abraço e até a próxima!