O que ninguém te contou sobre infodesign

O que ninguém te contou sobre infodesign

O design de informação veio para levar conteúdo e prender a atenção do público, vem descobrir como!

Clareza e informação, essa é a função do infodesign! Muito direto, né? Mas, é isso que muitas vezes as pessoas procuram, em uma época onde tudo está na palma da mão, ou mais especificamente, na tela do celular! O público se encontra mais seletivo, e isso quer dizer que as informações devem ser levadas de maneira mais criativa a ele, e essa é a função do Design de Informação! Se interessou? Então fica aqui, que o Sr. GIV vai te contar tudo sobre ele. 


Esse profissional é responsável por criar uma compreensão melhor na leitura do público-alvo, sabe como? Usando formas visuais alinhadas com o texto, afinal, quando ambos estão juntos, acabam se complementando e tornando o entendimento mais rápido e atraente ao leitor. Uma técnica incrível e que o Sr. GIV já conhece bem, e aproveitou para vir te explicar direitinho como funciona! É só continuar lendo para entender. 


O infodesign faz uma análise de conteúdo, ou do projeto, e a partir dela decide quais métodos usar para enfatizar aquela mensagem. Um exemplo claro, visto com frequência, é quando transformam dados numéricos em gráficos para facilitar a compreensão de quem vai fazer a análise, você com certeza já se deparou com esse cenário, e aposto que agradeceu por alguém ter feito essa adaptação, né?


Mas não são só de gráficos que se vive o infodesign, além deles, outras técnicas podem ser usadas, mas calma que daqui a pouco conto sobre elas! Agora deixa eu te contar um pouco mais sobre essa área de atuação, como seus objetivos, que são facilitar cada vez mais a compreensão de todos, pois eles entendem que existem mais de uma forma de algo ser compreendido, e isso pode ser aplicado em diversos ambientes, como reuniões, aulas, palestras e etc. 



Algumas das técnicas usadas no Design de informação, ou infodesign, são:


Infográficos - Todo conteúdo que é explicado com junção de imagem e texto, é um infográfico! Ele deixa o conteúdo mais simples de ser compreendido, pois quando um trecho escrito é acompanhado de ilustrações para exemplificar o que está sendo dito, o processo de assimilação se torna bem mais rápido.


Mapas - Eles são perfeitos no momento de orientar o caminho, são úteis e informativos, já que sem eles é impossível se locomover sem acabar se perdendo. Eles são encontrados em todos os lugares, e podem ter explicações minuciosas ou serem mais genéricos, isso depende tanto do lugar que será usado quanto da função para qual será usado.  


Manuais - Quem nunca pegou um manual de instruções, achou tão simples que decidiu se aventurar na montagem do produto/móvel? Aposto que quase todo mundo! Os manuais são feitos justamente com essa função, facilitar a montagem, e por transformar o passo a passo em um processo simples, quem observa acaba querendo tentando. 


Cartilhas - As cartilhas são muito usadas na alfabetização, mas no infodesign elas são comuns de serem vistas em campanhas como as que aconteceram para a prevenção do Coronavírus, já que era uma excelente maneira de ensinar a todos sobre o vírus, de uma forma didática e mais simples de ser entendida, com uma linguagem mais informal e com o uso de ilustrações. 


Storytelling - O que seria do infodesign sem o storytelling? Juntar recursos visuais e auditivos é a receita do sucesso, quando se trata de aprendizado. Os dois juntos, estimulam cada vez mais o entendimento de quem está sendo apresentado, e são recursos que merecem ser usados em conjunto para facilitar o conhecimento.


O infodesign é feito por etapas, começando com a avaliação do conteúdo, e depois uma organização de informações, para assim, montar um planejamento de como apresentar tudo ao público de um jeito mais “divertido”. É nesse momento que o Design de Informação entra em ação para dizer qual a melhor técnica, ou linguagem, para apresentar tudo ao público.


O uso de ilustrações é, na maioria das vezes, indispensável para que o conteúdo se torne mais leve de ser compreendido, e isso é cada vez mais comum nos meios de comunicação, não só pelo infodesign, isso pode ser visto com uso do Character Design, que muitas vezes é usado justamente como uma opção de personagem para ajudar com explicações de conteúdo, muito popular no storytelling. 


Você já conhecia essa técnica? Então fica de olho aqui no blog que logo logo tem mais dicas incríveis. Espero que tenha gostado! 


Até a próxima!

;