Guia Completo sobre CANVAS

Guia Completo sobre CANVAS

A ferramenta de sucesso para a sua empresa

Todos conhecem o aplicativo Canva, que muitas pessoas usam para criar postagens para o Instagram, Facebook, criar logos, ou usar qualquer função disponível. Mas, conhece a ferramenta de negócios Business Model Canvas, ou “Quadro de modelo de negócios”? Ela é usada como uma espécie de mapa visual, com um sistema pré-estabelecido de espaços, responsáveis por organizar informações a respeito da empresa.


O Canvas, como é mais conhecido, funciona da seguinte maneira: os quadros são organizados de maneira dividida, os quais simbolizam aspectos relevantes sobre determinado comércio! Esse modelo organiza toda a estrutura da empresa, desde lucros, possíveis parcerias, canais usados para realizar vendas até as principais atividades que a empresa fará.


A divisão de ideias é em quadros retangulares, nove no total, e a GIV Online vai explicar cada um deles, para que você possa preencher direitinho, é só continuar lendo!


Nesse modelo, as ideias tomam forma ao decorrer do processo em que o quadro é desenvolvido, já que deixam visualmente mais simples de serem verificadas. Os quadros são:


Clientes: ou como também é conhecido, segmentação de mercado, diz respeito a que público a empresa pretende atingir. Porém, isso geralmente não tem muita interligação com caracteristicas fisicas, sexo ou idade, mas sim aos valores, gostos e pretenções do mesmo. Como por exemplo, em uma loja de doces. O segmento não será feito pela faixa etária de quem vai consumir, e sim de quem gosta de doce e quem se interessa pelos seus produtos.  


Proposta de Valor: essa proposta é determinante na escolha de seus clientes, afinal, deve haver algum motivo para escolherem você e não um concorrente. Uma proposta bem elaborada fará com que seu negócio seja sinônimo de uma boa opção. 


Canais: para escolher o canal pelo qual você pretende se comunicar com seu cliente, a primeira pergunta a se fazer é “onde estão meus clientes?" Isso porque, é mil vezes mais simples e mais assertivo a empresa se estabelecer onde os clientes já se encontram, e assim passar a eles uma ideia de comodidade, do que tentar atrair os mesmos para um novo canal de comunicação. Um exemplo disso é a ferramenta de venda, via Instagram, que faz praticamente todo o trabalho de vendas pelo próprio aplicativo. 


Relacionamento com Cliente: eu diria que criar um relacionamento com o cliente é a nova alma dos negócios, isso porque, manter um cliente fidelizado é mais barato que conquistar um novo, então por conta disso, é importante criar uma boa relação através de ferramentas que o tragam sempre de volta ao seu site. Manter contato também é importante nessa prática, mas claro, sem ultrapassar limites para que a relação não se torne sufocante. 


Receita: por onde você pretende ter lucro? Promoções, redes sociais, lojas de e-commerce e eventos são maneiras onde se pode vender e revender, portanto, são ótimas maneiras de lucrar. 


Atividades Principais: quais ações são consideradas as principais para que seu modelo de negócio dê certo? Pode ser eventos, ou postagens em redes sociais para atrair o público-alvo! Independente do que seja, ou por qual canal seja realizado, essas atividades principais precisam estar sugeridas e descritas no Canvas.


Recursos Principais: neste tópico se encaixa todos os recursos necessários para que tudo que foi planejado entre em vigor, o que precisa ser comprado, alugado, usado ou desenvolvido. Qualquer gasto necessário para que a proposta dê certo.


Parcerias Principais: as parcerias precisam conversar e os benefícios precisam ser mútuos, para que assim, obtenha bons resultados! Então, é importante pensar em sociedades que ajudarão sua empresa a conquistar os objetivos estabelecidos. 


Estrutura de Custo: todos os custos para que todo o Canvas funcione. 



O lado direito do Canvas trata sobre a geração de valores da empresa, como ela quer se apresentar ao mercado, como ela irá atuar. Já no lado esquerdo, refere-se a eficiência da empresa. 


Mas, de qualquer maneira, todos os aspectos dispostos precisam se interligar, afinal, um será responsável pelo funcionamento do outro. Essa metodologia de organização é uma das maneiras mais assertivas de desenvolvimento, portanto, é importante que seja elaborada antes que o negócio seja posto em prática, ou deve ser feita como um ponto de recomeço para a empresa que já existe! 


E aí? Já conhecia essa ferramenta? Espero que tenha gostado. Aproveite para ler nossas matérias sobre Técnicas de Vendas, elas com certeza servirão de inspiração na hora de preencher seu Canvas! 


Até a próxima!

;